fechar

Imprimir

Sábado, 5 de julho de 2008 - 02h21 - Terra

Parentes de atores e autores ganham espaço em novelas

Pais, filhos, irmãos, tios e sobrinhos de atores e autores ganham cada vez mais espaço nas novelas. É o caso recente dos filhos de Marília Gabriela, Cristiano e Teodoro Cochrane, que fazem ao mesmo tempo participações especiais em Beleza Pura e A Favorita, ambas da Globo. 

Na trama das 19h, Cristiano é Rodrigo, irmão "morto" do personagem Felipe Cascudo (Gustavo Leão). Já Teodoro entra em A Favorita como Bruno, ex-noivo de Alícia (Taís Araújo).

Teodoro, o irmão mais novo, garante que é dele o pioneirismo na carreira de ator. "Eu que comecei como ator nessa família. Agora, eles querem me imitar", brincou ele, em entrevista ao jornal O Dia.

Também na novela A Favorita há outro exemplo de parentesco na TV. Cláudia Ohana, longe das novelas desde Da Cor do Pecado (2004), e que tem um papel fixo na trama das 20h, é meia-irmã do autor João Emanuel Carneiro.

A parceria dos irmãos também aconteceu em Da Cor do Pecado, de autoria de Carneiro, em que Cláudia viveu um espírito que invadia o corpo de Zuleide (Vanessa Gerbelli). Ela ainda interpretou a ex-cortesã Dona Antônia em A Muralha, minissérie na qual o autor era colaborador.

Pai e filho, Reginaldo e Marcelo Faria dividem as telas pela primeira vez. Na verdade, há 18 anos, o veterano foi chamado para atuar ao lado do filho em uma única cena em Lua Cheia de Amor.

Em Beleza Pura, Marcelo (Robson) e Reginaldo (Olavo) são primos distantes. O filho confessou ao jornal Extra que fica pouco à vontade em receber palpites do pai nas cenas. "Prefiro que ele fale em casa. Adoro ouvir os conselhos dele, que é um dos maiores atores do Brasil. Mas no estúdio, não", disse.

Reginaldo e Marcelo Faria podem se considerar privilegiados por atuarem juntos. Apesar do parentesco nas novelas não ser nenhuma novidade, poucos atores cruzam suas carreiras com a de filhos e irmãos.

Glória Pires, por exemplo, ainda não dividiu cena com a filha, Cleo, que atualmente integra o elenco de Ciranda de Pedra, da Globo.

Apesar de gerar inevitáveis comparações, o parentesco na TV é muitas vezes um ponto positivo. A atriz Maria Maya, por exemplo, e seu bom relacionamento com o pai, o ator e diretor Wolf Maya, já rendeu diversas participações em novelas. A última foi Cobras & Lagartos, em que Maya assinou a direção geral da novela.

Beth Goulart é outra atriz que se beneficiou da fama dos pais, Paulo Goulart e Nicette Bruno, no começo da carreia. Ela estreou na TV Tupi em 1976 ao lado deles e dos irmãos Bárbara Bruno e Paulo Goulart Filho.

Júlia Almeida, filha de Manoel Carlos, também sempre esteve presente nas novelas do pai.

Concorrentes
Nem sempre artistas do mesmo sangue trabalham em uma mesma emissora. Max Fercondini é "concorrente" do irmão, Jean. Enquanto o primeiro está no elenco de Ciranda de Pedra, da Globo, o outro é destaque na novela da Record Caminhos do Coração - Os Mutantes.

O mesmo acontece com Bruno e Thiago Gagliasso. Os irmãos optaram pela mesma carreira, mas têm contrato com emissoras concorrentes. Bruno atua em Ciranda de Pedra e Thiago em Os Mutantes.
 


TAGs: televisãonovelasespaço

Notícias relacionadas

Comentários Comente esta notícia

Deixe seu comentário